Quinta do Bomfim - A beleza das vinhas e vinhos portugueses


"Somos uma curiosa amálgama de nacionalidades; uma mistura feita de racionalidade e de dedicação escocesa, ao que se junta o senso comum inglês e ainda espontaneidade, emoção e talento natural português" - Paul Symington

Situada em Pinhão, na margem direita (Norte) do Rio Douro, a Bomfim possui uma excelente infraestrutura enoturística. Primeiro pela localização em frente ao Rio Douro, tanto para quem está dentro da quinta ou de um barco, a vista enche os olhos não só pela integração entre a beleza natural da região e a arquitetura da adega entre as vinhas. Essa interação deixa a visita mais aconchegante e acolhedora principalmente por causa dos guias que são extremamente simpáticos e atenciosos.

 

Em segundo pela quantidade de informação histórica sobre a empresa e a vitivinicultura. É um acervo cultural impressionante que inclui registros escritos desde o início da Symington Family Estates, fotografias, videos, a sua árvore genealógica e bens materiais preservados com muito esmero.


 

O nosso "welcome home" foi dado pelas roseiras cor de rosa na entrada, deixando o ar mais romântico, harmonioso e acolhedor. E estavam tão lindas, que todos quiseram tirar fotos ao lado delas. Enquanto aguardávamos a nossa visita na recepção, é possível se entreter com a história da família (como tudo começou), os livros de registros, mapas, fotografias, réplica do barco rabelo, entre tantas outras informações. O guia nos recebe na esplanada da vinícola (com a vista pro Douro), passa algumas explicações, depois caminha até as vinhas, conta um pouco mais sobre o terroir, em seguida nos leva para outra sala, explica sobre o processo da produção de vinho, visitamos a sala onde estão os lagares e um vídeo sobre a história familiar é passado enquanto as máquinas fazem a pisa das uvas. Bem bacana.... Super interativo! 

Sobre a história familiar: 
"A família Symington, com ascendência escocesa, inglesa e portuguesa, está presente no Douro há cinco gerações — desde 1882 — mas, se seguirmos a linhagem da família através da bisavó da atual geração, a ligação dos Symington aos vinhos do Douro recua no tempo 14 gerações, transportando-nos até meados do século XVII e aos próprios primórdios da história do vinho do Porto. A família possui 2461 hectares de terra no vale do Douro, distribuídos por 27 propriedades vitivinícolas. Estas propriedades, conhecidas no Douro como quintas, totalizam cerca de 1000 hectares de vinha, a grande maioria dos quais plantados em terraços. É o maior conjunto de vinhas na região pertencentes a uma só família. A família Symington, geração após geração, tem plantado e cuidado destas quintas, acumulando conhecimentos que foram utilizados na produção de alguns dos melhores vinhos do Porto e do Douro. Estas vinhas são a alma e o coração dos vinhos da família." *


Sobre a vinificação:
"A longa experiência da família na vinificação no Douro tem impulsionado o desenvolvimento de novas técnicas de vinificação, técnicas estas que juntam os ensinamentos transmitidos através das gerações com inovações que têm garantido a grande qualidade dos vinhos do Porto e Douro DOC da família. Um exemplo disto são os lagares modernos desenvolvidos pela equipa de enologia da família liderada por Peter e Charles Symington e cujo primeiro protótipo foi utilizado na vindima de 1998. Estes novos lagares são o equivalente moderno dos lagares tradicionais de pisa a pé que, durante séculos, produziram os melhores vinhos do Porto. Hoje, estes lagares modernos igualam os lagares tradicionais em todos os aspectos chave, tendo mesmo chegado a ultrapassá-los em alguns desses aspectos." *


Sobre a quinta:
"O riquíssimo legado desta antiga região vitivinícola ganha vida na Quinta do Bomfim, que abriga um conjunto raro de fotografias do Douro do início do século XIX, bem como peças, ferramentas e instrumentos utilizados na viticultura e vinificação, e ainda documentos que relatam a história da quinta.

Os visitantes começam o circuito da visita numa antiga adega, transformada hoje num pequeno museu, o qual exibe a interligação que existe entre a história da propriedade, da família Symington e do próprio vinho. A visita está disponível em vários idiomas. Os visitantes podem escolher entre três trilhos diferentes por entre as vinhas e aventurar-se pelos terraços cobertos de videiras, onde serão recompensados pelas deslumbrantes vistas das vinhas nas encostas circundantes e pelas vistas dos belos socalcos de pedra seca, muitos deles construídos à mão há mais de 150 anos.

O circuito inclui uma visita ao antigo armazém de envelhecimento, um imponente edifício construído em 1896. Este velho armazém ainda é utilizado para guardar os centenários tonéis onde os vinhos produzidos em cada vindima iniciam o seu envelhecimento, antes de serem transportados para as caves em Vila Nova de Gaia. 

 

Os visitantes também podem conhecer a nova adega de lagares e ver, durante a vindima, como se produz o vinho do Porto. Noutras alturas do ano, um breve filme mostra o funcionamento da adega, assim como a pisa tradicional a pé na Quinta do Vesúvio, também propriedade da família Symington. 

 

A visita culmina numa ampla sala de provas, onde os visitantes podem provar os vinhos do Porto e Douro DOC produzidos pela família. A sala comunica com uma esplanada que oferece deslumbrantes vistas sobre o rio Douro e sobre o espetacular cenário criado pelas vinhas de encosta. A quinta conta com uma pequena loja, onde é possível encontrar a gama de vinhos do Porto e Douro DOC da família Symington." *

A nossa degustação de vinhos era pra ter sido feita na grama, estilo pic nic, olhando a vista maravilhosa do Douro. Porém estava chovendo, frio, tempo super nublado, e, consequentemente, grama molhada. Na Bomfim não tivemos almoço, entretanto a nossa turma passou no mercado e fez uma compra gigantesca de frios, queijos, saladas, bolos, tortas, pães, geleias, embutidos e frutas, e montaram uma bancada linda para "aperitivarmos" na sala de degustação com os vinhos da Quinta.


Estava tudo uma delícia! Realmente a infraestrutura da Quinta do Bomfim é de tirar o chapéu e a visitação enoturística pode ser escolhida entre as diferentes degustações de vinho do Porto. Quanto mais antiga a safra, maior o valor do ingresso. Caso queira fazer a prova harmonizando com algum queijo ou pastel de nata, por exemplo, eles colocam à mesa um cardápio com as opções e o valor é cobrado à parte. 

Para fazer a visitação é necessário fazer reserva com antecedência por e-mail (quintadobomfim@symington.com) ou por telefone (+351 259 730 370) e indicar o tipo de visitação, inclusive se pretende fazer o pic nic (eles mesmos providenciam a cesta para no mínimo 2 pessoas - reserva com 72 horas de antecedência). Na época de alta temporada, se a agenda estiver movimentada, é possível que eles sugiram outra data ou horário alternativos. 

Horário de funcionamento, todos os dias, no verão - 1 de março a 31 de outubro - das 10:30 às 19:00 h; no inverno - 1 de novembro a 28 de fevereiro, de terça a domingo - das 09:30 às 18:30 h. As visitas guiadas estão disponíveis em português, inglês, espanhol e francês. 

Para maiores informações sobre a Quinta do Bomfim e Symington Family Estates, clique aqui


🍷 LBV Cheers! 🍷


*fonte: Symington Family Estates site

Comentários

As mais lidas: