Caminhos Cruzados Winery - A beleza das vinhas e vinhos portugueses


E o enoturismo continua, porém chegando à reta final. Saímos do Douro e fomos direto ao Dão, a caminho para Lisboa, o dead line. Mas enquanto isso, o pé ainda estava na estrada e paramos na Caminhos Cruzados Winery. Uma vinícola com arquitetura super moderna e as vinhas se perdem no horizonte onde o olhar não consegue alcançar.


Fomos recebidos pela proprietária Ligia e os enólogos, Carlos e Manuel, os quais foram extremamente simpáticos, nos acompanharam pelas vinhas, adega e durante toda a degustação. Os vinhos realmente são de tirar o chapéu. A linha Titular é o carro chefe e foi lançada em 2012, desde o rosé ao tinto, incluindo os espumantes. Durante a nossa caminhada até as vinhas, nos deparamos com dois cães, que moram na vinícola, super dóceis e loucos por "miminhos", como se diz aqui em Portugal. Roubaram a cena!



Em 2013, foi iniciado o projeto para recuperar as vinhas velhas e a plantação de novas vinhas na Quinta da Teixuga. Em 2014, nova equipe de enologia para alavancar o projeto da vinícola com Carlos Magalhães e Manuel Vieira, especialistas em Dão. Nesse mesmo ano decidiram construir a nova adega Caminhos Cruzados com 1489m² em área construída, 1050m² em área implementada, uma volumetria de 6452m³ e capacidade produtiva para 400.000 litros. E assim o fizeram e foi nesta adega que aconteceu a nossa visita. De acordo com a Caminhos, é um projeto que expressa valores, respeito e valorização do território, sustentabilidade e inovação. Em 2015 relançaram as marcas Terras de Nelas e Terras de Santar. E em 2016, receberam o prêmio produtor revelação de 2015, Revista de Vinhos.


Com o nome de Quinta da Teixuga "a propriedade possui 30 hectares, está situada em Vilar Seco, concelho de Nelas, no distrito de Viseu. Em pleno coração da Região do Dão, está rodeada por maciços montanhosos, como a Serra da Estrela e Caramulo. Esta localização permite excelentes amplitudes térmicas para uma boa maturação das uvas levando a que o seu lento amadurecimento produza vinhos de aromas ricos e boa acidez. Nas parcelas de vinhas da “Teixuga”, algumas com idades médias de 50 anos, podemos encontrar as melhores castas da região do Dão, tintas, Touriga Nacional, Tinta Roriz, Jaen, Alfrocheiro; brancas, Malvasia-Fina, Encruzado e Bical. 


É na Quinta da Teixuga que foi inaugurada em 2017 a nova Adega, de cariz moderno, fruto de uma obra arrojada e inigualável com capacidade para vinificar 400.000 litros. A região do Dão adquire assim a jovialidade há muito ambicionada, sendo o projecto Caminhos Cruzados carinhosamente apelidada de “O Novo Dão”, devido ao seu renascimento sob alçada moderna. 


Na Quinta da Teixuga temos em curso um projeto de recuperação de vinhas velhas com o grande objetivo de devolver a vivacidade das castas e dessa forma, manter vivo um patrimônio único. Em paralelo, o projeto de plantação de vinha nova, assenta em novas variedades que, em equilíbrio com as castas emblemáticas e diferenciadoras do Dão, são a matéria para composições vínicas de exceção."*


É possível fazer pic-nic além do enoturismo, em meio às vinhas e à enogastronomia. O que inclui o pacote: o cesto com uma garrafa de água, uma de vinho Titular, pães, embutidos compotas artesanais, queijos e frutas da própria quinta. É para celebrar a vida, a vinha, o vinho e o agora! Óbvio que o tempo precisa estar favorável, pois tudo é ao ar livre, e precisa agendar com antecedência.


E tem também outra atividade super interessante que é a de ser enólogo por um dia. O visitante cria seu próprio vinho através de amostras e de identificação aromática e gustativa, que se aproximam ao perfil de vinho que ele considera ideal. É usar a criatividade e fazer o seu vinho! 

Para visitar a Caminhos Cruzados e fazer essas atividades do enoturismo, é preciso marcar antecipadamente pelo e-mail (geral@caminhoscruzados.net) ou pelo telefone (Nelas: +351 232 940 195; Porto: +351 229 445 480). Também é possível acompanhar as news pela pagina do face.  


Cheers 🍷🍷


*fonte: Caminhos Cruzados site

Comentários

As mais lidas: